Demonstração do resultado do exercício (DRE)

A Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) é um relatório contábil essencial em diversos momentos do cotidiano da sua empresa. Se destina a evidenciar a formação do resultado líquido do exercício através do confronto das receitas, custos e despesas segundo, o princípio contábil do regime de competência.

Passo a passo

Observação:

A instalação da extensão do DRE encontra-se disponível para clientes dos planos Essencial e Grande, e para os planos Iniciante e Básico, o preço do módulo é de R$ 25/mês.
1

Para utilizar o relatório de Demonstração do Resultado do Exercício (DRE), é necessário que adicione a extensão DRE. Para isso, acesse em Menu → Início → Extensões do Tiny.

2

Agora, na seção Financeiro adicione a extensão DRE.

Inicialmente, você deve configurar as categorias de receitas e despesas para serem corretamente classificadas em seu DRE.
1

Para isso, acesse Menu → Configurações → Aba Finanças → Categorias de Receita e Despesa.

2

A seguir, visualizará as Categorias já cadastradas em sua conta. Para incluir uma nova categoria clique no botão Incluir categoria.

3

Para escolher corretamente a configuração da sua categoria para o DRE, seguem as explicações abaixo:

Não considera no DRE Estas categorias não serão levadas ao Relatório de DRE.
Como deduções Os lançamentos que terão as categorias configuradas Como deduções serão consideradas como descontos ou impostos abatidos incidentes diretamente nas vendas.
Como despesas operacionais Destinado aos Gastos fixos para manter a empresa em funcionamento independentemente de haver vendas.
Como outras despesas ou receitas São aquelas decorrentes de transações não incluídas nas atividades principais ou secundárias que formam o negócio da empresa.
Como tributosDestinadas à categorias para tributos federais (IRRF, CSL, etc).
Inicializar os custos dos produtos
A ação Iniciar custos dos produtos é responsável por incluir o primeiro registro de custos nos itens que ainda não possuem, desta forma, serão considerados corretamente no DRE.
1

Para isso, acesse Menu → Cadastros → Produtos → Mais ações → Iniciar histórico de custos.

2

Agora, clique em Continuar para adicionar os registros de custos aos produtos.

1

Para gerar o relatório de DRE, acesse Menu → Finanças → Relatórios → Aba Geral → Demonstração do resultado do exercício.

2

O filtro Ano refere-se ao período do relatório. O filtro Baseado em indica qual a origem das informações para o DRE: Notas Fiscais ou Pedidos de Venda. Após as definições, clique em Gerar.

Atenção!

O relatório baseado em Notas Fiscais, leva em consideração apenas as notas autorizadas pelo SEFAZ e considera os impostos ICMS (depende do regime tributário), IPI, ISS, Cofins e Pis. O relatório baseado em Pedidos de Venda, traz os pedidos Atendidos e Aprovados, considerando os impostos ICMS ST, IPI e ISS.
3

Ao gerar o relatório é possível Imprimir, como também Recalcular. A opção Recalcular deve ser usada quando forem efetuados lançamentos retroativos, assim serão considerados para o DRE.

Informações relacionadas

O Demonstrativo de Resultado do Exercício é estruturado conforme segue:

  • Receita Bruta: é toda a receita gerada pela venda de produtos e prestação de serviços.
  • Deduções: representa os descontos oferecidos e abatimentos de impostos que incidem diretamente sobre a venda, como: ICMS, ISS, entre outros.
  • Receita líquida: é o resultado da receita bruta menos as deduções. Este é um dos primeiros indicadores que o DRE fornece.
  • Custos: são os gastos relativos à fabricação de um produto, compra de uma mercadoria ou preparação de um serviço.
  • Lucro Bruto: é o resultado da receita líquida menos os custos, indicador bem importante no DRE.
  • Despesas operacionais: compreendem todas as despesas fixas relacionadas aos gastos para manter a empresa em funcionamento independente de haver vendas. Contas como aluguel, água, energia e telefone, são alguns exemplos.
  • Resultado operacional: refere-se às atividades eventuais que a empresa realiza e que, necessariamente irão gerar receitas e despesas não operacionais.
  • Outras receitas: este subgrupo corresponde ao resultado positivo alcançado nas operações envolvendo elementos patrimoniais.
  • Outras despesas: este subgrupo corresponde ao resultado negativo alcançado nas operações envolvendo elementos patrimoniais.
  • Tributos: refere-se aos impostos federais, como IRRF, CSL, etc.
  • Resultado Líquido: é obtido a partir da subtração dos impostos e taxas pagas sobre o lucro bruto, este valor corresponde ao resultado final da empresa, considerando os ganhos e perdas do período.
  • Resultado/Lucro Bruto: percentual da receita líquida sobre o lucro bruto.

DRE

Algumas informações no DRE são fixas (pedidos de venda, Notas Fiscais, devoluções, impostos, CMV, comissões), ou seja, o Tiny identifica e as apresenta no relatório. Porém. para as demais informações, é necessário configurar corretamente as categorias de receitas e despesas, pois é através das categorias relacionadas nos lançamentos no Caixa que as informações serão levadas ao DRE. Além disso, é necessário inicializar os custos dos produtos.

Para efetuar estas configurações, acesse as instruções em Como configurar o DRE.

Ao incluir um Pedido de Venda ou Nota Fiscal, na seção Pagamento informe a condição de pagamento da venda e no campo Categoria selecione a categoria.

1

Acesse Menu → Finanças → Contas a Receber → Incluir conta a receber.

2

Na aba Dados da conta, preencha os dados da conta a receber e Selecione a Categoria, conforme classificação desejada para o DRE.

3

Ao lado, na aba Competência, informe o mês que esta conta refere-se, ou seja, a qual mês ela pertence para a geração do DRE.

4

Ao final, Salve a conta a receber.

1

Acesse Menu → Finanças → Contas a Pagar → Incluir conta a pagar.

2

Na aba Dados da conta, preencha os dados da conta a pagar e Selecione a Categoria, conforme classificação desejada para o DRE.

3

Ao lado, na aba Competência, informe o mês que esta conta refere-se, ou seja, a qual mês ela pertence para a geração do DRE.

4

Ao final, Salve a conta a pagar.

1

Para verificar o histórico de custo do produto, acesse Menu → Cadastros → Produtos → Clique sobre o produto que desejar. Após isso, clique em Editar .

2

A seguir na aba Custo, visualizará cada mudança de custo que este produto teve.

Atenção!

As alterações de custos podem ocorrer de forma manual ou através da formação de preços, assim mantendo o histórico dos custos em cada período.
3

Se precisar adicionar um novo custo acesse a opção Informar novo preço de custo.

O Preço custo, quando alterado através da formação de preços nas entradas de nota fiscal ou em ordens de compra, é formado pelo seguinte cálculo:

DRE

Já o Custo médio, quando efetuado através da formação de preços nas entradas de nota fiscal ou em ordens de compra, o seu cálculo é:

DRE

Adicione seu e-mail e teste o Tiny 30 dias gratuitamente